Nesta segunda-feira, 20, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, concedeu entrevista à Rádio Gaúcha e disse que um erro na correção da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019) pode ter afetado cerca de 6.000 candidatos inscritos. Cerca de 4 milhões de candidatos compareceram às provas no ano passado.

Ainda durante a entrevista, Weintraub disse que considera “O impacto é baixo e não vai ter nenhum efeito para a maioria das pessoas”. Além disso, o ministro afirmou que as notas serão corrigidas ainda hoje (segunda-feira). “A gente já tem o número de pessoas e vai ser corrigido hoje à noite. Estamos falando de 0,1% das pessoas, isso dá cerca de cinco ou seis mil candidatos, problemas que vão ser corrigidos”, disse.

Erro na nota do Enem 2019: entenda o caso

No último sábado, 18, o Ministério da Educação (MEC) informou ter identificado troca de gabaritos na segunda prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019). No mesmo dia, Weintraub explicou em rede social que a troca dos gabaritos fez com que alguns alunos fossem surpreendidos com as notas. “Houve inconsistência no gabarito de algumas provas do Enem 2019 e, por isso, candidatos foram surpreendidos com os resultados de suas notas”, postou.

Já o presidente do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, disse que o órgão faz pesquisas para verificar se outros alunos foram afetados também. “Estamos efetuando uma busca ampliada para verificar outras inconsistências”, afirmou. No entanto, o governo informa que todos os problemas serão corrigidos para não prejudicar nenhum aluno.

Sisu 2020: O cronograma está mantido

Mesmo como o erro na correção dos gabaritos, o Ministério da Educação e o Inep afirmam por ora que o cronograma do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) está mantido. O programa seleciona candidatos para vagas em universidades públicas de todo o Brasil com base na nota do Enem. Sendo assim, as inscrições para o Sisu 2020 serão abertas nesta terça-feira, 21, e encerradas na sexta-feira, 24.

Desenvolver APPs para tablets e smartphones é opção de carreira

Sobre ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado para avaliar o desempenho escolar e acadêmico ao final do ensino médio. Os resultados podem: possibilitar a constituição de parâmetros para a autoavaliação do participante, visando a continuidade de sua formação e a sua inserção no mercado de trabalho; permitir a criação de referência nacional para o aperfeiçoamento dos currículos do ensino médio; ser usados como mecanismo único, alternativo ou complementar para acesso do à educação superior, especialmente, a ofertada pelas instituições federais de educação superior; permitir o acesso do participante a programas governamentais de financiamento ou apoio ao estudante da educação superior; ser utilizados como instrumento de seleção para ingresso nos diferentes setores do mundo do trabalho; e viabilizar o desenvolvimento de estudos e indicadores sobre a educação brasileira.

+ Resumo do Concurso ENEM 2019


ENEM

– Exame Nacional do Ensino Médio

Vagas: Não definido
Taxa de inscrição:

85
Cargos:

Não definido
Áreas de Atuação: Administrativa,

Operacional
Escolaridade: Ensino Médio,

Ensino Técnico
Faixa de salário:
Estados com Vagas: AC,

AL,

AM,

AP,

BA,

CE,

DF,

ES,

GO,

MA,

MG,

MS,

MT,

PA,

PB,

PE,

PI,

PR,

RJ,

RN,

RO,

RR,

RS,

SC,

SE,

SP,

TO

enem

Fonte Oficial: JC Concursos.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários