Selecionamos algumas profissões que poderão facilitar a vida dos amantes de viagens, conciliando o trabalho com a oportunidade de conhecer outros países

É grande o número de profissionais que ficam praticamente o ano todo dentro de um escritório planejando viajar durante as férias. Muitos também cogitam trabalhar fora do país um dia, mas você sabia que algumas profissões podem conciliar trabalho e viagens mundo afora? Não? Então confira essas dicas que poderão facilitar a vida dos amantes de viagens.  

De acordo com o Quero Bolsa, site de busca de faculdades que ajuda estudantes a comparar cursos e conseguir bolsas de estudo, para definir a carreira certa é necessário ponderar três itens essenciais antes de tomar qualquer decisão: Primeiro, quais são as profissões que pedem habilidades que a pessoa domine? Segundo, como as profissões pré-escolhidas estão no mercado de trabalho atualmente? E terceiro, em quais profissões é possível, na maior parte do tempo, exercer tarefas que a pessoa goste?

Ao unir os três pontos de observação acima, o candidato provavelmente terá um leque de carreiras bem mais restrito e que ajudará a decidir em qual curso investir. Para aqueles cujo sonho é uma profissão que permita conhecer outras cidades ou países (e ainda receber para isso), listamos 12 profissões ideais para quem gosta de viajar.

1 – Arqueologia

A pessoa que é formada em arqueologia analisa objetos e materiais encontrados no solo para descobrir como sociedades antigas viveram e colaboraram para desenvolvimento humano e o mundo que vivemos atualmente. Por isso, é possível que um arqueólogo viaje o mundo, para diversos sítios arqueológicos, atrás dessas informações.

2 – Comércio Exterior

Esse profissional é responsável por mediar a relação entre vendedores e compradores dos mais diversos países. Assim, essa carreira pode exigir que o profissional viaje constantemente.

3 – Fotógrafo

Sendo um profissional autônomo ou trabalhando em uma redação de um jornal, o fotógrafo possui muitas oportunidades para ir atrás dos seus cliques, inclusive realizar a cobertura fotográfica de acontecimentos importantes em outros países.

4 – Jornalismo

Assim como o fotógrafo, alguns jornalistas podem trabalhar em áreas mais especializadas que demandam muitas viagens.

5 – Produção de Eventos

Dependendo do estilo de negócio no qual o produtor de eventos trabalha, ele pode precisar viajar frequentemente para auxiliar na realização dos eventos sob sua responsabilidade.

6 – Piloto de aviação

Bom, não é preciso falar muito sobre um piloto, não é mesmo? Afinal, ele é um dos responsáveis por fazer com que as suas viagens para outras cidades e países aconteçam, ou seja, um piloto de aviação viaja muito!

7 – Comissário de Bordo

Assim como o piloto de aviação, os comissários de bordo são responsáveis por auxiliar aqueles que estão no trajeto de uma viagem.

8 – Turismo

Responsável pela elaboração, organização e divulgação de viagens e eventos. Um turismólogo precisa fazer algumas viagens para realizar o planejamento dos eventos sob a sua supervisão.

9 – Diplomata

O diplomata é o representante oficial em um país em outras embaixadas. Por isso, ele pode trabalhar em escritórios, consulados ou embaixadas de outros países.

10 – Tradutor

Um tradutor pode ser responsável por fazer a tradução de eventos, palestras, discursos, reuniões e conversas. Assim, em muitos casos, ele precisa acompanhar empresários ou governantes em eventos internacionais.

11 – Professor de Idiomas

Se o profissional souber mais de um idioma, é possível se aventurar em outros países para ensiná-lo. Entretanto, é importante lembrar que é preciso ter metodologias de ensino para conseguir ensinar outras pessoas.

12 – Au Pair

A pessoa que é Au Pair trabalha como cuidadora de crianças em outros países e, além do salário, ganha moradia e alimentação. Na maioria dos casos, o Au Pair é considerado um intercâmbio de trabalho, no qual você aprimora o seu conhecimento em uma língua, além da remuneração.

empregos

Fonte Oficial: JC Concursos.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários