Divulgação/CREMERJ

O Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio de Janeiro (CREMERJ) está com as inscrições abertas para seu novo concurso público, que oferta vagas para cargos de nível médio e superior. O Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (IDIB) é a banca responsável pela realização do certame. 

 

Estão sendo ofertadas 1.001 vagas, sendo 21 vagas imediatas e 980 para formação de cadastro reserva. Os aprovados exercerão jornadas de trabalho de 20 a 40 horas semanais para remunerações de R$ 1.555 a R$ 15.223. Também serão acrescidos benefícios de assistência médica e odontológica, vale refeição de R$ 968, vale alimentação de R$ 726, auxílio creche de R$ 530 e auxílio material escolar de R$ 300. 

Para os candidatos com deficiência ficam reservadas 5% do total de vagas existentes e das que vierem a existir, por cargo, dentro do prazo de validade deste concurso público. Para candidatos negros ficam reservadas 20% das vagas, no mesmo critério. 

Cargos 

Para nível médio e técnico há vagas para agente administrativo, web designer e técnico de informática. Já para nível superior, os candidatos poderão optar entre os cargos de analista de TI desenvolvimento, analista de TI suporte, jornalista, contador, designer, bibliotecário, advogado, médico fiscal e auditor interno. 

Os interessados devem se inscrever pelo site da banca até 18 de agosto. As taxas de inscrição variam entre R$ 65 e R$ 130 e estarão isentos candidatos inscritos no CadÚnico ou doadores de medula óssea. 

A seleção será realizada por prova objetiva que deve ocorrer em 29 de setembro e contará com disciplinas de língua portuguesa, raciocínio lógico, informática e conhecimentos específicos de cada cargo. 

O concurso público terá validade de dois anos, contados a partir da data da publicação da homologação da classificação final, podendo ser prorrogado uma única vez, por igual período, a depender do órgão. 

Fonte Oficial: CorreioWeb.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários