O Ministério da Saúde disponibilizou os novos novos editais nº 10 e 11/2019) de chamamento público de municípios e médicos para a nova etapa do Programa Mais Médicos (Concurso Mais Médicos 2019).

O primeiro edital publicado é reservado ao chamamento de Municípios para adesão e/ou renovação das vagas disponíveis e previamente autorizadas. Já o segundo prevê o chamamento de médicos formados em instituições de educação superior brasileiras e estrangeiras.

torna pública a realização de chamamento público de

Municípios para adesão e/ou renovação das vagas disponíveis e previamente

autorizadas, ao

Programa de Provisão de Médicos do Ministério da Saúde – Projeto Mais Médicos para o Brasil,

conforme estabelecido neste Edital.

Ao todo, são ofertadas aproximadamente 2 mil vagas e os médicos contratados irão atender aquelas populações de áreas de históricas dificuldades de acesso (ribeirinhas, quilombolas, fluviais e indígenas) que utilizam os serviços do Sistema Único de Saúde (SUS).

A atuação dos médicos na Atenção Primária desses municípios começará a partir do mês de junho de 2019.

Podem participar do chamamento médicos formados e habilitados, com o devido registro no seu Conselho Regional de Medicina.

Inscrições

As inscrições para adesão ao Projeto Mais Médicos para o Brasil serão efetuadas via internet, através do Sistema de Gerenciamento de Programas-SGP, acessível pelo endereço eletrônico http://mais-medicos.gov.br.

Todos os documentos necessários deverão ser enviados via internet já no momento da inscrição.

O Ministério da Saúde informou que, caso ainda sobrem vagas, haverá um segundo chamamento, desta vez para médicos brasileiros formados em outros países e que já tenham habilitação para o exercício da Medicina no exterior.

Bolsa-Formação

Os médicos participantes deste programa e do curso de aperfeiçoamento receberão bolsa-formação com valor mensal de R$ 11.865,60, que poderá ser paga pelo prazo máximo de 36 meses, podendo este período ser prorrogado.

Do valor mensal, será descontado, para fins previdenciários, R$ 621,04, totalizando um vencimento líquido de R$ 11.244,56.

Além desta bolsa, o médico participante e seus dependentes legais poderão ter as despesas com passagens custeadas pelo Ministério da Saúde para o deslocamento do endereço de origem. Cada médico terá direito ao deslocamento de, no máximo, dois dependentes.

Compartilhe

Fonte Oficial: Concursos no Brasil.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários