A Prefeitura de Canoas, no interior do Estado do Rio Grande do Sul, publicou 2 (dois) editais de concurso público n.º 89 e 90/2019, cuja execução dar-se-á pela Fundação La Salle. O propósito é a formação de cadastro reserva nas funções de Técnico em Educação Básica/Técnico de Apoio a Educação Básica e Professor de Educação Básica/PEB II – História, Artes, Ciências, Educação Física, Geografia, Língua Inglesa, Língua Portuguesa e Matemática.

Os contratados irão atuar em jornadas de 40 horas semanais, dando direito a um salário mensal de até R$ 4.501,36. Interessados, em participar do concurso deverá se inscrever até às 18 horas do dia 5 de abril de 2019, somente pela internet, através do site www.fundacaolasalle.org.br/concursos, vale lembrar que o candidato deverá pagar a taxa de inscrição no valor de:

– Nível médio – R$ 95,75;
– Nível superior – R$ 159,59.

Este concurso público será composto de provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório e de provas de títulos, de caráter classificatório.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 12 de maio de 2019, em locais e horários disponíveis no endereço www.fundacaolasalle.org.br/concursos, a partir do dia 3 de maio de 2019.

O candidato deverá preencher o Anexo III (Formulário da Prova de Títulos), que integra o Edital, adicionar a relação de títulos com cópia autenticada dos documentos e entregá-los ou enviá-los no período entre 06, 07 e 10 de junho de 2019, pessoalmente ou por SEDEX e A.R. (aviso de recebimento), no endereço da Fundação La Salle, situada na Av. Getúlio Vargas, 5558 – Sala 105 – Centro, Canoas/RS, CEP 92010-242. 

A validade do concurso público será de 2 (dois) anos, a contar da data de publicação do Edital de Encerramento, podendo ser prorrogado por igual período, a critério do município de Canoas.

Compartilhe

Fonte Oficial: Concursos no Brasil.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários