Excelente notícia para os candidatos que aguardam a abertura do concurso do Superior Tribunal Militar (Concurso STM 2017). Acontece que o órgão confirmou a realização de um novo certame para os cargos de técnico e analista judiciários. De acordo com informações obtidas, a solicitação de realização do concurso já foi encaminhada à Administração Superior e aguarda apenas um parecer.

Agora, o próximo passo para abertura do Concurso STM 2017 será a definição de uma comissão organizadora, que tratará de todos os detalhes pertinentes a abertura do edital. Nas próximas semanas, uma publicação designando as pessoas responsáveis será publicada no Diário Oficial da União.

O Concurso STM 2017

Após definir a comissão, o Superior Tribunal Militar deverá dar início ao processo de contratação da empresa que organizará o edital. Segundo o Departamento de Recursos Humanos, existe no órgão nada menos que 30 vagas sem preenchimento nos cargos de técnico e analista, com requisito de nível médio e superior, respectivamente. O salário de técnico chega a R$7.260,41, enquanto o de analista será de R$11.345,90.

A expectativa é que o concurso ofereça oportunidades em cadastro reserva, para contratações conforme necessidade.

Sobre os cargos do Concurso STM 2017

O cargo de Analista Judiciário – Área Administrativa tem requisito de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. O Analista irá realizar atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, coordenação, supervisão e execução de tarefas, envolvendo: elaboração de pareceres, de informações, de relatórios, estudo e análise de documentos de natureza administrativa; pesquisa e seleção da legislação e da jurisprudência sobre matéria de natureza administrativa para fundamentar análise, conferência e instrução de processos na área de sua atuação; entre outras funções.

O Analista Judiciário – Área Judiciária tem requisito de diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de graduação de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação. O aprovado neste cargo terá que atividades de nível superior, de natureza técnica, relacionadas ao planejamento, à coordenação, à supervisão e à execução de tarefas, envolvendo elaboração de projetos, pareceres, informações, relatórios, pesquisas e estudos na legislação, na jurisprudência e na doutrina, inclusive de outros países, para fundamentar análise, conferência e instrução de processos; assistência técnica em questões que envolvam matéria de natureza jurídica, analisando, emitindo informações e pareceres, para subsidiar a tomada de decisões; entre outras atribuições.

Por fim, o cargo de Técnico Judiciário – Área Administrativa exige  certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível médio, expedido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação. O técnico terá que efetuar atividades de nível intermediário, relacionadas ao planejamento, à organização e à execução de tarefas de apoio às atividades administrativa e judiciária, envolvendo: organização, guarda, arquivamento e andamento de processos e documentos; atendimento ao público interno e externo, prestando informações sobre a tramitação de processos e outras questões relacionadas à unidade de trabalho; elaboração e conferência de documentos; trabalhos que exijam conhecimentos básicos de informática, inclusive de digitação; controle e guarda do material de expediente, observando o consumo e a reposição em tempo hábil; autuação, registro, classificação, recuperação, requisição e seleção de feitos com base na legislação pertinente e nas normas técnicas; controle de bens patrimoniais sob a responsabilidade da unidade, solicitando, quando necessário, a manutenção preventiva e corretiva dos equipamentos; quaisquer outras atividades inerentes à área de atuação.

Além dos cargos citados, o concurso poderá oferecer oportunidades para Analista em diversas áreas (Medicina, Engenharia, Contabilidade, Estatística, Comunicação Social, Revisor de Texto, Arquivologia, Biblioteconomia, Enfermagem, Análise de Sistemas, Economia, entre outros).

Último Concurso do Superior Tribunal Militar

O último concurso do Superior Tribunal Militar (Concurso STM) foi realizado em 2010. Na oportunidade, as chances foram para nível médio e superior, com lotação em Brasília (DF), e no Quadro Permanente das Auditorias da Justiça Militar da União, espalhadas em diversos Estados. O concurso STM – Superior Tribunal Militar foi coordenado pelo Cespe/UnB, com vagas para São Paulo (SP), Belém (PA), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Rio de Janeiro (RJ) e Salvador (BA).

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas, de caráter eliminatório e classificatório, para todos os cargos; prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, para o cargo de Analista Judiciário; teste de aptidão física, de caráter eliminatório, somente para o cargo de Técnico Judiciário – Área: Administrativa – Especialidade: Segurança.

Noticias Concursos

Fonte Oficial: http://noticiasconcursos.com.br/concurso-stm-2017/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários