A Defensoria Pública do Estado do Paraná recebe até esta terça-feira, 11 de abril, as inscrições do concurso público (Concurso DPE PR 2017) que tem o objetivo de  preencher 14 vagas efetivas e formar cadastro reserva em diversos cargos no órgão. De acordo com o edital de abertura, 10% das vagas serão reservadas aos portadores de necessidades especiais e 10% aos negros/pardos. A empresa Inaz do Pará tem a responsabilidade do certame.

O Concurso DPE/PR 2017 reserva vagas para os cargos de Técnico em Recursos Humanos (2), Técnico em Informática (1) e Técnico em Rede de Computadores (1), com requisito de nível médio, além de ensino técnico na respectiva área de atuação. O salário inicial chega a R$ 1.405,66, além do auxílio-alimentação no valor de R$ 799,24 e transporte de R$ 325,60, o que totaliza ganhos de R$2.530,50.

O edital do certame também reserva oportunidades para Administrador (3 vagas), Analista de Informática (1 vaga), Contador (3 vagas), Economista (1 vaga), Engenheiro Civil (1 vaga) e Estatístico (1 vaga). Para fazer jus ao salário inicial de R$ 3.373,57, além dos benefícios de alimentação de R$ 799,24 e transporte de R$ 325,60 será necessário o nível superior. Se somado os benefícios, a remuneração chega a R$4.498.41.

Cargos de nível superior do Concurso DPE PR 2017

O cargo de Administrador tem requisito de – Graduação em Administração, com registro regular em órgão/conselho competente. O aprovado neste cargo terá missão de realizar pesquisas e estudos relacionados à análise, planejamento, implantação, controle e solução de problemas nos setores da administração da instituição. Prestar auxílio nos trabalhos e estudos sobre gestão e execução operacional, de atividades nas áreas da administração. Propor e executar projetos para o aprimoramento dos processos de trabalho de órgãos e unidades administrativas. Apresentar sugestões de processos e procedimentos gerais de rotinas relativas à administração das diferentes áreas. Participar da implantação e manutenção de processos, planos e programas relativos à gestão de pessoas, entre outras tarefas.

O cargo de Analista de Informática exige Graduação em Informática, com registro regular em órgão/conselho competente. O servidor deverá prospectar novos serviços de Rede. Estabelecer e executar as ações necessárias para garantir a segurança lógica dos serviços de Rede. Dar manutenção e suporte aos componentes que compõem solução de comunicação que reúne diversos módulos integrados. Acompanhar projetos de implantação ou melhoria de ferramentas, softwares ou sistemas. Analisar e identificar problemas nos servidores e serviços de rede. Administrar ferramentas relacionadas à segurança digital, entre outras funções.

Já a função de Contador exige Graduação em Ciências Contábeis, com registro regular em órgão/conselho competente. O cargo tem missão de gerenciar, coordenar e executar atividades orçamentárias, financeiras, contábeis, patrimoniais e de custos. Realizar auditoria contábil e financeira. Elaborar normas, relatórios, emissão de pareceres. Interpretar e aplicar a legislação econômico-fiscal, tributária e financeira. Coordenar e executar atividades referentes à elaboração, revisão e acompanhamento de programação orçamentária e financeira anual/plurianual. Acompanhar a gestão de recursos físicos e executar outras atividades administrativas concernentes ao profissional de ciências contábeis. Realizar atendimento ao público interno e externo. Dirigir veículo oficial, quando habilitado, em deslocamentos necessários ao exercício de suas atribuições, mediante autorização da autoridade responsável. Executar outras atividades de sua competência, que lhe forem atribuídas.

O cargo de Economista exige Graduação em Economia, com registro regular em órgão/conselho competente. O aprovado neste cargo deverá Supervisionar, orientar e coordenar a execução de serviços técnico/especializados relativos à elaboração de propostas orçamentárias, projeções de despesas, custos de serviços, projeções de balanços, acompanhamento orçamentário e outros assuntos econômico-financeiros. Realizar estudos, pesquisas, análises e interpretações da legislação econômico-fiscal e orçamentária. Planejar, definir e coordenar a implementação de metodologias e a execução de pesquisas e estudos econômicos, financeiros e estatísticos. Orientar e participar da elaboração de planos e programas orçamentários, entre outras funções.

Para concorrer a função de Engenheiro o interessado deverá ter graduação em Engenharia Civil, com registro regular em órgão/conselho competente. O cargo deverá assessorar a administração nos assuntos relativos à Engenharia. Gerenciar, através de atuações técnicas e administrativas, as obras executadas ou contratadas pela Defensoria Pública. Elaborar estudos, projetos e orçamentos de obras e reformas. Elaborar laudos, informações e pareceres técnicos relativos à área de conhecimento. Acompanhar e fiscalizar o andamento de projetos e obras. Realizar perícias e vistorias, emitindo o documento respectivo, para instrução de processos administrativos ou judiciais, entre outras.

A carreira de estatístico exige Graduação em Estatística, com registro regular em órgão/conselho competente. São atribuições do estatístico, planejar e executar análises estatísticas. Coordenar os trabalhos de coleta, análise e interpretação de dados. Coordenar pesquisas de opinião diversas e realizar planejamentos amostrais. Criar e atualizar bancos de dados. Elaborar instrumentais técnicos, planilhas e relatórios. Fornecer informações que auxiliem a tomada de decisões e o acompanhamento da execução de atividades, entre outras.

Cargos de nível médio do Concurso DPE PR 2017

Já o cargo de Técnico em Recursos Humanos tem requisito de Ensino Médio Completo e Curso Técnico em Recursos Humanos. O servidor irá executar atividades de suporte nas áreas de recursos humanos. Elaborar, digitar, classificar e arquivar relatórios, formulários, planilhas e outros documentos. Redigir e digitar memorandos, ofícios e outras correspondências. Preparar, tramitar e arquivar protocolos. Organizar a rotina de serviços e procedimentos, entre outras tarefas.

A função de Técnico em Informática exige Ensino Médio Completo e Curso Técnico em Informática. O servidor deverá efetuar revisões e consertos em microcomputadores e periféricos pertencentes à Instituição. Orientar e distribuir tarefas aos estagiários para a realização das atividades desenvolvidas no ambiente. Pesquisar e sugerir a utilização de softwares que auxiliem nas atividades no ambiente. Acompanhar a execução de serviços de terceiros em atividades técnicas no ambiente, entre outras.

Por fim, o cargo de Técnico em Redes exige Ensino Médio Completo e Curso Técnico em Rede de Computador. O servidor deverá implementar e realizar auditoria em servidores de arquivos. Orientar e distribuir tarefas aos estagiários para a realização das atividades desenvolvidas no ambiente de rede. Pesquisar e sugerir a utilização de softwares que auxiliem nas atividades no ambiente de rede. Acompanhar a execução de serviços de terceiros em atividades técnicas no ambiente de rede. Observar itens previstos em contrato e acionar a garantia quando necessário. Adotar práticas relativas à segurança da informação.

Veja também – Concursos por Estados: AC | AL | AM | AP | BA | CE | DF | ES | GO | MA | MG | MS | MT | PA | PB | PE | PI | PR | RJ | RN | RO | RR | RS | SC | SE | SP | TO |

Faça a sua inscrição Concurso DPE PR 2017

Os interessados em concorrer a uma das vagas poderão se inscrever até 11 de abril de 2017, no endereço eletrônico oficial da organizadora (www.paconcursos.com.br). A taxa de inscrição custará:

R$60,00 para nível médio; e

R$100,00 para nível superior.

Prepare-se: Apostila DPE PR 2017 – Atualizada

Avaliações

O concurso DPE PR 2017 será composto de prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, a serem aplicadas para todos os cargos. Além disso, haverá prova discursiva e títulos, estes somente para candidatos de nível superior.

As avaliações serão aplicadas no dia 14 de maio de 2017 em Curitiba (PR). Os locais serão divulgados a partir do dia 05 de maio de 2017, no site já citado. Os gabaritos preliminares sairão no dia subsequente a aplicação das provas.

Os candidatos de ensino médio serão avaliados por provas de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Noções de Legislação e Conhecimentos Específicos.

Já os inscritos de nível superior passarão por provas de Língua Portuguesa, Noções de Informática, Noções de Legislação, Noções de Direito (Direito Administrativo e Constitucional) e Conhecimentos Específicos.

A validade do concurso será de 12 meses, com possibilidade de prorrogação por igual período, a critério do órgão.

Notícias Concursos

Fonte Oficial: http://noticiasconcursos.com.br/concurso-dpe-pr-2017-inscricoes/.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Boletim Concursos.

Comentários